Operação dos MPs do Rio e Minas Gerais prende líder de maior facção criminosa do Estado no Morro da Providência

·1 minuto de leitura

O Ministério Público do Estado (MP-RJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI), e com a Polícia Militar, atuam, neste sábado, em cooperação com o Gaeco do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP-MG) no cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra Roger Pereira Moizinho, vulgo “Macarrão”. Procurado por todo território nacional, Roger é apontado como chefe da maior facção criminosa do estado e responsável por mais de 30 homicídios nos últimos 26 meses, além de inúmeras tentativas em Minas Gerais. Roger foi preso nesta manhã no Morro da Providência, no Centro do Rio.

De acordo com a plataforma Fogo Cruzado, tiroteios foram registrados na comunidade às 6h14. Às 7h30 o VLT chegou a paralisar parcialmente o funcionamento das linhas 1, 2 e 3 por questão de segurança, retornando apenas por volta de meio-dia.

Também foram cumpridos mandados de prisão e busca e apreensão contra Washington Willian Venâncio da Silva, conhecido como "Xarope". Este já se encontrava preso no Presídio Elizabeth Sá Rego, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.