Operação em comunidade de Belford Roxo busca três meninos sumidos há 19 dias

O Globo
·1 minuto de leitura
TV Globo / Reprodução

RIO — A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) realiza, nesta sexta-feira, uma operação na comunidade do Castelar, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, à procura de três meninos que sumiram há 19 dias. Agentes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e do Corpo de Bombeiros estão em apoio, com cães farejadores. Houve troca de tiros e três suspeitos ficaram feridos. Eles foram levados para o Hospital municipal de Belford Roxo. Armas foram apreendidas.

A polícia trabalha com a possibilidade de que traficantes do Castelar possam estar envolvidos no desaparecimento de Lucas Matheus, de 8 anos, Alexandre da Silva, de 10, e Fernando Henrique, de 11. Essa linha de investigação surgiu após o tráfico ter torturado um homem para que ele confessasse o crime e um ônibus ter sido queimado a menos de 200 metros da DHBF, na última terça-feira.

As três crianças foram vistas pela última vez, no dia 27 de dezembro, em uma quadra de futebol de um condomínio no morro. A informação inicial era a de que os meninos teriam deixado o local para ir comprar ração para pássaros, em uma feira, no Bairro de Areia Branca, vizinho ao Castelar.