Operação no Salgueiro, em São Gonçalo, mira suspeitos de matar policial civil

Extra
·1 minuto de leitura

Equipes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) faz uma operação, na manhã desta sexta-feira, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio Os agentes visam a cumprir mandidos de prisão e de apreensão contra suspeitos de envolvimento na morte do policial civil Rodrigo Roboredo, ocorrida em 13 de janeiro deste ano.

A ação tem o apoio de veículos blindados da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), de um helicóptero do Serviço Aeropolicial (Saer) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Rodrigo era lotado na 73ª DP (Neves). Ele havia acabado de saír de casa, com a mulher e uma criança, e teve o carro cercado por bandidos. Dois homens saltaram de um carro branco e foram até o Hyundai do agente. Um terceiro bandido assumiu a direção do automóvel de Rodrigo.

O agente reagiu e atirou, acertando dois suspeitos. Mas acabou sendo baleado. Mesmo feridos, os criminosos conseguiram fugir.