Operação policial em favelas do Rio deixa 10 suspeitos mortos, diz PM

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Ao menos 10 suspeitos morreram em uma grande operação da Polícia Militar do Rio de Janeiro em favelas das zonas norte e oeste da cidade, informou a PM nesta quarta-feira.

A ação ocorreu em favelas de quatro bairros numa tentativa de acalmar e estabilizar uma região da capital que há anos é tomada por confrontos entre grupos rivais de traficantes e milicianos.

“Durante as incursões, as equipes foram atacadas por criminosos armados em diversos pontos das comunidades. Nove suspeitos foram atingidos e não resistiram aos ferimentos“, informou a PM, que depois confirmou uma décima morte.

Na ação houve prisões e apreensões de drogas, rádios e armas, incluindo fuzis.

Desde o ano passado, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) impôs limites a operações policiais em comunidades do Rio, que só podem ser realizadas caso se mostrem essenciais.

Em outra região, a Baixada Fluminense, a polícia civil prendeu mais de 10 pessoas ligadas a grupos milicianos.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)