Operação na comunidade do Jacarezinho provoca tiroteio e deixa 25 mortos

·2 minuto de leitura
Operação em comunidade carioca teve intensa troca de tiros - Foto: Reprodução/TV Globo
Operação em comunidade carioca teve intensa troca de tiros - Foto: Reprodução/TV Globo
  • Operação da Polícia resultou na morte de 25 pessoas, incluindo um policial

  • Intenso tiroteio foi registrado por moradores da comunidade

  • Operação Exceptis visava combater crimes cometidos por grupo ligado ao tráfico de drogas

Uma operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas no Jacarezinho deixou, ao menos, 25 mortos nesta quinta-feira pela manhã. Um intenso tiroteio provocou caos na comunidade carioca, segundo informações do G1.

A corporação informou que 24 suspeitos e um agente morreram na operação. O policial foi identificado como André Farias, da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod). Ele teria recebido um tiro na cabeça.

Leia também

Vídeos com sons de rajadas de tiros e explosões foram registrados por moradores da comunidade, que relatavam também a impossibilidade de deixar o local.

De acordo com o G1, uma noiva com o casamento marcado para esta quinta-feira ficou presa em casa, assim como uma mulher grávida com cesariana agendada também para esta manhã.

Policiais enfrentaram tiroteio em comunidade carioca - Foto: Reprodução/TV Globo
Policiais enfrentaram tiroteio em comunidade carioca - Foto: Reprodução/TV Globo

Dois passageiros do metrô foram feridos na operação, mesmo estando dentro de uma das composições. Um deles foi atingido de raspão, no braço, por um projétil, enquanto o outro sofreu lesões causadas por estilhaços de vidro. Ambos foram encaminhados para o Hospital Municipal Salgado Filho.

Operação Exceptis

A ação desta quinta fez parte da Operação Exceptis da Polícia Civil do Rio, coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

A operação investiga o aliciamento de crianças e adolescentes para ações criminosas como assassinatos, tráfico de drogas, roubos e sequestros de trens. O setor de inteligência identificou 21 integrantes do grupo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos