Operador erra cotação, digita um zero a mais, e Citigroup tem prejuízo de US$ 50 milhões

O Citigroup vai perder ao menos US$ 50 milhões por causa de um erro de digitação cometido por um funcionário britânico, que causou um crash nas ações europeias no mês passado, relataram fontes à Bloomberg.

Polêmica no diesel: Decreto de calamidade que poderia abrir espaço para subsídio opõe ala política a Guedes

Nunca se infectaram: Quem são os super-resistentes à Covid-19

Educação e inovação: Conheça cidades brasileiras que são ilhas de prosperidade graças à tecnologia

O banco ainda está calculando as perdas pelo erro na transação e o prejuízo pode ser ainda maior, disse uma das fontes, que pediu para não ser identificada.

O operador da corretora Delta One, em Londres, trabalhava de casa em um feriado bancário quando adicionou, incorretamente, um zero a mais em uma operação, em oferta lançada logo nas primeiras de negociações nas Bolsas europeias, relataram as fontes.

O erro provocou um crash relâmpago na Bolsa de Estocolmo e rapidamente causou estragos em Bolsas de Paris à Varsóvia. No pior momento, as perdas representaram US$ 322 bilhões em queda no valor de mercado das empresas negociadas nesses índices.

O funcionário foi afastado enquanto o Citigroup analisa o acidente, segundo fontes. Uma delas disse que a empresa afirmou que houve foi uma falha humana, não relacionada ao fato de o empregado estar trabalhando de casa.

A porta-vez da Citigroup não quis comentar sobre o assunto.

O erro é um golpe para a presidente-executiva Jane Fraser, além do diretor de ações da empresa, Fater Belbachir, que buscam aumentar as receitas do Citigroup com negociação de ações. Em essa frente de negócios, o banco obteve US$ 4,55 bilhões com a negociação de ações em 2021, um aumento de 25% em relação ao ano anterior.

O Citigroup continua conversando com reguladores e corretoras sobre o incidente do mês passado, de acordo com uma das fontes. A empresa está realizando, este ano, uma revisão de muitas de suas tecnologias e sistemas subjacentes, e busca melhorar seus controles internos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos