Oprah conta em documentário que foi estuprada aos 9 anos por primo

·1 minuto de leitura
UNSPECIFIED - NOVEMBER 12: In this screengrab, Oprah Winfrey speaks during the GCAPP EmPOWER Party & 25th Anniversary Virtual Event on November 12, 2020 in UNSPECIFIED, United States. (Photo by Getty Images/Getty Images for GCAPP)
Oprah Winfrey fala em evento realizado online em 2020 (Photo by Getty Images/Getty Images for GCAPP)

Resumo da notícia:

  • Oprah Winfrey se emocionou em documentário ao lembrar que foi violentada aos 9 anos por um primo maior de idade

  • "Eu não sabia o que era estupro. Certamente não estava ciente da palavra", contou ela

  • Na época, sem saber o que fazer, a apresentadora preferiu manter segredo sobre o abuso

(Aviso de gatilho: estupro) Oprah Winfrey se emocionou em depoimento recente concedido para a série documental série documental 'The Me You Can't See', criada por ela mesma em parceria com o príncipe Harry.

Na série voltada a temas de saúde mental, que contou ainda com falas de Glenn Close, Lady Gaga e do próprio príncipe Harry sobre traumas da infância, Winfrey contou que foi estuprada por um primo maior de idade, quando ela era criança. 

Leia também:

"Aos nove, 10, 11 e 12 anos, fui estuprada por meu primo de 19 anos. Eu não sabia o que era estupro. Certamente não estava ciente da palavra", relembrou a apresentadora estadunidense. 

"Eu não tinha ideia do que era sexo, não tinha ideia de onde vinham os bebês, nem sabia o que estava acontecendo comigo. E eu mantive esse segredo", prosseguiu Winfrey. No depoimento, ela disse que o episódio a mostrou muito cedo o que era o machismo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"E é apenas algo que aceitei. Que uma menina não está segura em um mundo cheio de homens", finalizou ela.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.