Orçamento secreto: Entenda decisão do STF que liberou a distribuição de verbas a parlamentares

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou o pagamento de emendas de relator do Orçamento neste ano, mas a decisão ainda terá de ser analisada pelo plenário da Corte, o que não tem prazo para ocorrer. A ministra, no entanto, solicitou maiores informações do Legislativo antes de liberar o mérito do julgamento da ação sobre o chamado “orçamento secreto”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos