Oracle começa a cortar empregos nos EUA, diz The Information

BENGALURU (Reuters) - A Oracle começou a demitir funcionários nos Estados Unidos, publicou o The Information nesta segunda-feira, citando uma fonte com conhecimento do assunto.

A publicação divulgou em julho que a Oracle estava considerando reduzir milhares de empregos de sua força global, de olho em obter cortes de custos de até 1 bilhão de dólares.

A companhia tinha cerca de 143 mil funcionários até o final de maio, segundo relatório anual.

As demissões na Oracle vão atingir funcionários na região de Bay Area de São Francisco Bay, segundo a publicação, que não informou o número de trabalhadores afetados.

Representes da Oracle não comentaram o assunto.

A mídia afirmou que demissões no Canadá, Índia e em partes da Europa devem ocorrer nas próximas semanas e meses.

Grandes empresas de tecnologia como Microsoft, Alphabet e Apple também discutiram cortes de pessoal ou redução no ritmo de contratações em resposta a aumentos de custos e temores de recessão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos