Orascom prorroga pela 3a vez prazo de sugestões para recuperação judicial da Oi

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo egípcio de telecomunicações Orascom decidiu prorrogar pela terceira vez o prazo de suas sugestões para o plano de recuperação judicial do grupo de telecomunicações Oi, informou a companhia brasileira nesta sexta-feira.

O prazo, que venceria nesta sexta-feira, foi estendido por mais um mês, para 1 de maio.

As sugestões do plano da Orascom foram apresentadas em dezembro e incluíam proposta de trocar dívida por ações e uma injeção de capital de 1,25 bilhão de dólares.

(Por Alberto Alerigi Jr.)