Orquestra Jovem de Niterói se apresenta no Teatro Popular

·1 min de leitura

NITERÓI - Com novo nome e de casa nova, a Orquestra Jovem de Niterói — que se chamava Orquestra Sinfônica Aprendiz —, do Programa Aprendiz Musical, vai realizar um concerto de estreia em sua atual sede, o Teatro Popular Oscar Niemeyer. O retorno aos palcos acontece na quarta-feira, às 19h, após quase dois anos de isolamento social devido à pandemia. Sob regência do maestro Evandro Rodriguese, os 50 jovens farão uma apresentação inédita.

No repertório, músicas como “Abertura hébrida”, de Mendelssohn; “Carinhoso”, de Pixinguinha; e a autoral “Rapsódia niteroiense”, uma homenagem à cidade do pianista e arranjador do Programa Aprendiz, Edu Louro.

— O processo foi cuidadoso para que a plateia desfrute do melhor — diz o maestro.

Mantida pela prefeitura, por meio da Fundação de Arte de Niterói (FAN), a orquestra foi criada em 2007 para permitir que os estudantes egressos das escolas municipais que participam do programa possam dar continuidade aos estudos musicais. De acordo com a FAN, a cada ano o grupo conta com cerca de 35 instrumentistas, com idades entre 14 e 23 anos, que já apresentam nível técnico avançado.

A entrada é gratuita, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível que será destinado para a campanha “Niterói solidária”.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos