Os indianos que processaram filho por não terem neto

Casamento indiano
Casamento indiano muitas vezes pode ser luxuoso, com milhares de convidados

Um casal no Estado de Uttarakhand, no norte da Índia, está processando seu único filho e sua esposa por não lhes dar um neto após seis anos de casamento.

Sanjeev e Sadhana Prasad, de 61 e 57 anos, argumentam que gastaram suas economias para criar o filho, pagando seu treinamento de piloto e um casamento luxuoso.

Eles estão exigindo uma compensação no valor de quase US$ 650 mil (R$ 3,3 milhões) se nenhum neto nascer dentro de um ano.

A ação altamente incomum foi apresentada sob argumento de "assédio mental". O filho do casal e sua esposa não foram encontrados para comentar o caso.

Prasad disse que gastou todas as suas economias com seu filho, enviando-o para os Estados Unidos em 2006 para treinamento de pilotos a um custo de US$ 65 mil (R$ 330 mil). Ele retornou à Índia em 2007, mas perdeu o emprego e sua família teve que sustentá-lo financeiramente por mais de dois anos, segundo o jornal indiano Times of India.

Shrey Sagar, de 35 anos, acabou conseguindo um emprego como piloto. Seus pais dizem que arranjaram seu casamento com Shubhangi Sinha, agora com 31 anos, em 2016, na esperança de que eles tivessem um "neto para brincar" durante a aposentadoria.

Os pais dizem que pagaram por uma festa de casamento em um hotel cinco estrelas, um carro de luxo no valor de US$ 80 mil (R$ 410 mil) e uma lua de mel no exterior.

"Meu filho está casado há seis anos, mas eles ainda não estão planejando um bebê", disse Prasad. "Pelo menos se tivermos um neto com quem passar o tempo, nossa dor se tornará suportável."

O advogado do casal, AK Srivastava, disse ao jornal indiano The National que o casal exigiu o dinheiro "por causa da crueldade mental".

"É um sonho de todos os pais se tornarem avós. Eles esperavam há anos para se tornarem avós."

O processo deve ser analisado por um tribunal em 17 de maio.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos