Vencedores nas principais categorias do Grammy Latino 2020

·2 minuto de leitura
J Balvin se apresenta no Staples Center, em Los Angeles, em outubro de 2019
J Balvin se apresenta no Staples Center, em Los Angeles, em outubro de 2019

Natalia Lafourcade, Residente, Carlos Vives, Rosalía e Ozuna foram alguns dos ganhadores da 21ª edição do Grammy Latino, entregues nesta quinta-feira (19), em Miami, em uma cerimônia sem público e sem tapete vermelho, devido à pandemia.

A seguir, os vencedores nas principais das 53 categorias dos prêmios concedidos anualmente pela Academia Latina da Gravação a músicas em espanhol e português.

- Gravação do ano:

"Contigo", de Alejandro Sanz

- Álbum do ano:

"Un canto por México, Vol. 1", de Natalia Lafourcade

- Canção do ano:

"René", de Residente

- Melhor artista revelação:

Mike Bahía

- Melhor canção pop:

"Tutu", de Camilo e outros (por Camilo e Pedro Capó)

- Álbum de Música Ranchera/Mariachi:

"Hecho en México", de Alejandro Fernández

- Melhor Álbum Compositor: 

"Mesa para dos", de Kany García

- Melhor canção tropical:

"Canción para Rubén"

- Melhor Álbum Vocal Pop:

"Pausa", de Ricky Martin

- Melhor Álbum Vocal Pop Tradicional:

"Compadres", de Andrés Cepeda & Fonseca

- Melhor Fusion/Interpretação Urbana:

"Yo x ti, tú x mí", de Rosalía e Ozuna

- Melhor Interpretação Reggaetón:

"Yo perreo sola", de Bad Bunny

- Melhor álbum de música urbana:

"Colores", de J Balvin

- Melhor Canção de Rap/Hip Hop:

"Antes que el mundo se acabe", de Residente

- Melhor Canção Urbana:

"Yo x ti, tú x mí", de Ozuna e Rosalía

- Melhor Álbum de Rock:

"¿Dónde jugarán lxs niñxs? (Desde El Palacio de los Deportes)", de Molotov

- Melhor Canção de Rock:

"Biutiful", de Mon Laferte

- Melhor Álbum Pop/Rock:

"La conquista del espacio", de Fito Páez

- Melhor Canção Pop/Rock:

"La canción de las bestias", de Fito Páez

- Melhor Álbum de Música Alternativa:

"Sobrevolando", de Cultura Profética

- Melhor Canção Alternativa:

"En cantos", de Ismael Cancel, Ile e Natalia Lafourcade

- Melhor Álbum de Salsa:

"40", de Grupo Niche

- Melhor Álbum de Cumbia/Vallenato:

"Sigo cantando al amor (Deluxe)", de Jorge Celedón e Sergio Luis Rodríguez

- Melhor Canção Regional Mexicana:

"Mi religión", de Natalia Lafourcade

- Melhor Álbum de Merengue/Bachata:

"Ahora", de Eddy Herrera

"Larimar", de Daniel Santacruz

- Melhor Álbum Tropical/Tradicional:

"Ícono", de Orquesta Aragón

- Melhor Álbum Contemporâneo/Fusion Tropical:

"Cumbiana", de Carlos Vives

- Melhor Álbum de Música Tejana:

"Live in Mexico", de La Mafia

- Melhor Álbum de Música Norteña:

"Los Tigres Del Norte At Folsom Prison", de Los Tigres Del Norte

- Melhor Álbum de Tango:

"Fuelle y cuerda", de Gustavo Casenave

- Melhor Álbum de Música Latina Para Crianças:

"Canta y juega", de Tina Kids

- Melhor Álbum Contemporâneo/Fusion Tropical:

"Cumbiana", de Carlos Vives

- Produtor do Ano:

Andrés Torres, Mauricio Rengifo

A lista completa dos ganhadores está disponível em: https://www.latingrammy.com/es/nominees.

lm/ll/mr/tt/ic