Além de Juliette: os injustiçados do Grammy Latino 2022

Juliette e Manu Gvassi estão entre as injustiçadas do Grammy Latino 2022. (Foto: Divulgação/Virgin Music Brasil/Disney+)
Juliette e Manu Gvassi estão entre as injustiçadas do Grammy Latino 2022. (Foto: Divulgação/Virgin Music Brasil/Disney+)

O Grammy Latino 2022 divulgou a lista de indicados nesta terça-feira (20) e terá diversos artistas brasileiros representando o país na premiação, que está marcada para o dia 17 de novembro.

Este ano, Anitta, Ludmilla, Luísa Sonza, Jão, Clarissa, Marisa Montes, Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa estão entre os indicados. No entanto, muitos cantores ficaram de fora da disputa e também mereciam espaço na cerimônia, que celebra os grandes destaques da música latina. Confira alguns deles:

  • Juliette

Capa do EP
Capa do EP "Juliette". (Foto: Divulgação/Virgin Music Brasil)

Juliette foi a grande aposta da revista "Billboard" para garantir uma indicação na categoria de "Melhor Artista Revelação" na prêmio, no entanto, a artista ficou de fora da lista final. A ex-BBB fez sua estreia como cantora em 2021 e lançou um EP com seis faixas. O projeto entrou para a lista de lançamentos brasileiros mais ouvidos em 24 horas na história do Spotify.

  • Manu Gavassi

Capa do disco
Capa do disco "Gracinha" da cantora Manu Gavassi. (Foto: Divulgação/Universal Music)

Seguindo passos de Beyoncé, com "Black is King", e Donald Glover, com "Guava Island", Manu Gavassi foi a primeira artista brasileira a lançar um álbum visual. Ela criou um universo ficcional e místico para "Gracinha", projeto que foi lançado no Disney+ e acompanha a personagem título cansada da versão de si mesma que criou para os holofotes.

O disco ficou fora da categoria de álbum pop do Grammy Latino, mas merecia uma indicação de Melhor Álbum Instrumental por "Gracinha (Trilha Sonora Orquestrada”).

  • Gloria Groove

Capa do disco
Capa do disco "Lady Leste" de Glória Groove. (Foto: Divulgação/Universal Music)

Gloria Groove é um dos principais nomes da música pop brasileira atual. Provando toda sua versatilidade, a artista lançou em fevereiro o "Lady Leste", que uniu o funk e o rock em um único projeto. O disco conta com diversos hits como "A Queda", "Bonekinha", "Vermelho" e "Leilão".