Pâmela Rosa e Breno Correia serão porta-bandeiras da delegação brasileira nos Jogos Pan-Americanos Júnior

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) escolheu a skatista Pâmela Rosa e o nadador Breno Correia como os porta-bandeiras da delegação brasileira nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali, na Colômbia. A abertura dos jogos será nesta sexta-feira.

— Dentre os atletas que já estarão em Cali, no feminino temos a Pâmela, que é uma atleta olímpica e bicampeã mundial de skate, título recém-conquistado; e o Breno no masculino, que, além de ser medalhista de ouro nos Jogos Sul-americanos e Pan-americanos, também é um atleta olímpico de destaque. Tenho certeza que o Brasil estará bem representado — disse Marco La Porta, vice-presidente do COB e chefe de missão.

Por causa da pandemia, o COB repetirá o procedimento usado em Tóquio. Além dos porta-bandeiras, representarão o Brasil no desfile Marco La Porta e dois oficiais: um representando o COB e outro os atletas.

— É um sonho realizado. Sempre assistia os Jogos Olímpicos na TV e poder representar o meu país, levar a nossa bandeira. É um orgulho enorme ser brasileira. É um orgulho para mim e para todos os atletas que vão poder representar o nosso país nestes Jogos”, disse Pâmela, de 22 anos, e bicampeão mundial de skate.

Já Breno, que também tem 22 anos, e é campeão mundial, pan-americano e sul-americano, se disse feliz com a notícia de que será um dos porta-bandeiras:

— Foi uma alegria muito grande. Sempre tive o sonho de carregar a bandeira do meu país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos