Pós-Brexit, imigração, adeus a Merkel, COP26: relembre os fatos que marcaram a Europa em 2021

·1 min de leitura

A pandemia da Covid-19 marcou o ano que passou, mas a Europa também enfrentou muitos outros desafios. O ano de 2021 selou o fim de um conturbado casamento. Quando o Big Ben soou as 12 badaladas, no dia 31 de dezembro 2020, após cinco anos do referendo do Brexit e de longas negociações, o divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia finalmente saiu do papel.

Ana Carolina Peliz

Mas depois da separação, começaram as brigas, afinal 48 anos de união não acabam facilmente. O Brexit trouxe à tona velhas rivalidades, até então controladas para manter as aparências. Os motivos de discórdia entre o Reino Unido e seus velhos parceiros, foram muitos, principalmente com a França: licenças de pesca, imigração… Este último foi, provavelmente, um dos capítulos mais sombrios de 2021.

Imigração

Vítimas de conflitos em seus países, milhares de pessoas arriscaram novamente suas vidas este ano para conseguir chegar à Europa, onde foram usados como arma de barganha em crises diplomáticas.

Em maio, a Espanha interpretou como gesto político a entrada de 8.000 migrantes em Ceuta, vindos do Marrocos, agravando as tensões entre Madri e Rabat.

Rixas adormecidas

Liberdade de imprensa

Ano delas


Leia mais

Leia também:
Retrospectiva 2021: Brasil brilha em Tóquio e perde para a Argentina em casa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos