S&P 500 atinge máxima recorde com balanços corporativos positivos

Devik Jain e Medha Singh
·1 minuto de leitura
Prédio da bolsa de Nova York

Por Devik Jain e Medha Singh

(Reuters) - O mercado acionário dos Estados Unidos subia nesta terça-feira com o S&P 500 atingindo outra máxima recorde diante de uma série de balanços corporativos positivos, incluindo dos componentes do Dow 3M e Johnson & Johnson, o que ajudava o sentimento.

A Johnson & Johnson subia 3,6% depois de a farmacêutica projetar lucro em 2021 acima das estimativas e prometer para breve dados de seus testes da vacina contra o coronavírus.

A 3M Co, que produz máscaras N95 e Post-its, ganhava 2,5% depois de informar lucro trimestral melhor que o esperado com custos mais baixos e demanda maior para seus produtos de saúde durante a pandemia.

"Até agora os balanços foram realmente fortes e o mercado está aguardando que alguns dos grandes nomes de tecnologia comecem a informar os resultados hoje", disse Ross Mayfield, analista de estratégia de investimento do Baird.

Dez dos 11 setores do S&P subiam no início do pregão com os setores de energia e indústria liderando os ganhos.

Às 12:34 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,12%, a 30.996 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,096748%, a 3.852 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,1%, a 13.622 pontos.