Bancos puxam Wall St para baixo com preocupações sobre default de hedge fund

Devik Jain e Medha Singh
·1 minuto de leitura
Bolsa de Nova York

Por Devik Jain e Medha Singh

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street recuavam nesta segunda-feira, depois de um salto na sessão anterior, após bancos globais alertarem que enfrentam perdas potenciais depois de um hedge fund deixar de cumprir chamadas de margens.

Nomura e Credit Suisse alertaram para perdas depois que um hedge fund dos Estados Unidos, que fontes afirmam ser a Archegos Capital, não cumpriu chamadas de margem.

Os papéis do Morgan Stanley caíam cerca de 3%, depois de o Financial Times informar que a instituição também vendeu bilhões de ações, enquanto Bank of America Corp, Citigroup Inc, JPMorgan Chase & Co, Goldman Sachs e Wells Fargo & Co recuavam entre 0,3% e 2,7%.

A notícia levantou preocupações sobre se a extensão total do aparente default da Archegos já está na conta ou se haverá mais vendas por parte de outros bancos.

O Dow Jones e o S&P 500 haviam atingido máximas recordes de fechamento na sexta-feira, por otimismo com a rápida vacinação e o volume recorde de estímulos, enquanto o Nasdaq ainda está a 7,1% de sua máxima de fechamento de fevereiro.

Às 11:52 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,41%, a 32.938 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,529873%, a 3.953 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,93%, a 13.017 pontos.