Impulso de setor varejista levanta S&P 500

·1 min de leitura
Operador trabalha na Bolsa de Nova York

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações nos Estados Unidos fecharam em alta nesta terça-feira, quando ganhos nos papéis da Home Depot e dados de vendas no varejo sinalizaram boa saúde para os gastos do consumidor e aliviaram preocupações sobre restrição monetária mais forte nos EUA diante do aumento da inflação.

Dados mostraram que as vendas no varejo saltaram 1,7% em outubro, maior alta desde março e acima da estimativa de elevação de 1,4%, indicando que os norte-americanos começaram a fazer as compras de fim de ano mais cedo em um esforço para evitar a escassez de produtos por causa de aperto nas cadeias de suprimentos.

As ações da varejista Home Depot Inc saltaram 5,73%, maior ganho percentual em um dia desde abril de 2020, e fecharam em máxima recorde. A empresa superou estimativas de vendas trimestrais em quase 2 bilhões de dólares e ultrapassou com facilidade previsões de lucro por ação.

"Isso dá às pessoas um suspiro de alívio, porque as perspectivas do varejo ainda são otimistas", disse Brian Jacobsen, estrategista sênior de investimentos da Allspring Global Investments em Menomonee Falls, Wisconsin.

"A perspectiva é de que os preços estejam em alta, mas os gastos do consumidor ainda estão fortes, e parece que as cadeias de abastecimento estão com restrições, mas ainda podemos colocar os produtos nas prateleiras."

O índice Dow Jones subiu 0,15%, a 36.142 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,386521%, a 4.701 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,76%, a 15.974 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos