S&P 500 fecha em leve baixa com alta de rendimentos dos Treasuries compensando dados de varejo

·1 minuto de leitura
Pessoas passam em frente ao prédio da Bolsa de Nova York

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 terminou em leve baixa nesta quinta-feira, reduzindo as perdas no fim do pregão, depois que dados inesperadamente fortes de vendas no varejo ressaltaram a força da recuperação econômica dos EUA.

Os três principais índices passaram grande parte do dia em território negativo, com os rendimentos crescentes dos títulos do Tesouro dos EUA pressionando ações de tecnologia e o dólar em alta pesando sobre exportadoras.

A Amazon.com Inc, impulsionada por sólidas vendas online no relatório do Departamento de Comércio, ajudou a empurrar o Nasdaq para território positivo.

Os papéis de tecnologia encabeçaram o rali do mercado desde o fundo do poço do ano passado.

"Olhando para o dia de hoje, claramente tivemos notícias positivas das vendas no varejo, e parece que a desaceleração massiva da economia não está se materializando como muitas pessoas esperavam", disse Ryan Detrick, estrategista sênior de mercado da LPL Financial em Charlotte, Carolina do Norte.

"É um bom lembrete de que a economia ainda está dando dois passos à frente a cada passo para trás, mesmo em meio às preocupações com a Covid", acrescentou Detrick.

Transportes e microchips, setores economicamente sensíveis, estiveram entre os de melhor desempenho.

Dados divulgados antes da abertura do mercado de ações mostraram um salto inesperado nas vendas no varejo nos EUA, evidência da resiliência do consumo.

O índice Dow Jones caiu 0,18%, a 34.751 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,15511%, a 4.474 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,13%, a 15.182 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos