Wall St recua por desempenho pior de ações de tecnologia

Caroline Valetkevitch
·1 minuto de leitura
Bolsa de NY

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados acionários dos Estados Unidos encerraram em leve queda nesta terça-feira, com investidores vendendo ações relacionadas a tecnologia depois que os yields dos Treasuries atingiram máximas em 14 meses.

Ao mesmo tempo, as ações dos setores financeiro, industrial e de consumo discricionário do S&P 500 tiveram alta, numa continuação do movimento recente de rotação de ações de crescimento --de empresas que crescem mais que a média do mercado-- para as chamadas ações de valor --companhias cujos preços estão subprecificados e que, num contexto de recuperação pós-recessão, tendem a mostrar desempenho melhor.

As ações de tecnologia reduziram as perdas durante a tarde, com os yields dos Treasuries recuando das máximas do dia, mas o índice S&P para o setor ainda encerrou em queda de 1%. O Nasdaq caminha para sua primeira baixa mensal desde novembro, após o recente aumento nos yields.

As ações de tecnologia, que têm um cenário de juros baixos fortemente precificado em seus elevados "valuations" (avaliações), estão entre as mais atingidas pelo aumento nos yields.

"É um mercado um tanto quanto sem liderança", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel, em Nova York. "As preferências dos investidores mudam por aqui quase diariamente, principalmente entre as ações tecnológicas e cíclicas."

"As ações cíclicas certamente têm estado à frente por enquanto, aproveitando-se da reabertura da economia. As tecnológicas ficam contidas nesse contexto porque são realmente a promessa do futuro --devem fornecer aos investidores um crescimento estável."

O índice Dow Jones caiu 0,31%, a 33.067 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,315782%, a 3.959 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,11%, a 13.045 pontos.