País registra saldo positivo de 2,3 milhões de empresas abertas em 2020

Gabriel Shinohara
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O Brasil registrou um saldo positivo de 2,3 milhões de empresas abertas em 2020, de acordo com o relatório “Mapa das Empresas” divulgado pelo Ministério da Economia nesta terça-feira.

O número é resultado das 3,3 milhões de empresas abertas menos 1 milhão de empresas fechadas durante o ano de pandemia. De acordo com o ministério, a quantidade de empresas abertas em 2020 supera em 6% o número de 2019.

O comércio e os serviços correspondem por 81,2% das empresas ativas do país e, em 2020, foram os setores com mais empresas abertas. Durante o ano, foram 200 mil comércios varejistas abertos, 149 mil empresas de promoção de vendas e 135 mil cabeleireiros, manicures e pedicures, por exemplo.

“Há uma forte predominância das atividades do setor terciário da economia, relativas ao comércio e prestação de serviços, na relação de empresas em funcionamento, representando mais de 80% dos empreendimentos ativos” — diz o relatório.

A maior parte desse resultado é devido ao movimento do Microempreendedor Individual (MEI), que representa 56,7% das empresas ativas no país. Foram 2,6 milhões de MEIs abertos em 2020, 8,4% a mais do que em 2019.