Países europeus retomam vacinação com AstraZeneca

Extra com agências internacionais
·1 minuto de leitura

Após breve suspensão da vacinação contra Covid-19 através das doses produzidas pela AstraZeneca, países europeus se pronunciaram nesta quinta-feira, dia 18, anunciando a retomada da campanha de imunização.

A França vai retomar nesta sexta-feira a vacinação a AstraZeneca, após a decisão da órgão regulador europeu, que considerou a vacina "segura e eficaz", declarou o primeiro-ministro francês, Jean Castex.

"Eu vou me vacinar com esta vacina para demonstrar que podemos confiar plenamente nela", disse Castex em coletiva de imprensa.

A Bulgária também retomará as vacinas com a vacina AstraZeneca a partir desta sexta-feira, após ter considerado a mesma avaliação do regulador europeu de medicamentos.

De acordo com o chefe da Agência de Medicamentos da Bulgária, os benefícios da vacina contra Covid-19 superam quaisquer riscos potenciais.

Bogdan Kirilov disse que uma investigação sobre a morte de uma mulher búlgara horas depois de ela receber uma injeção de AstraZeneca não estabeleceu uma ligação direta com a inoculação.

— Temos todos os motivos para suspender a suspensão e começar a administrar a vacina novamente a partir de amanhã (dia 19)— disse Kirilov.

O país dos Balcãs tem cerca de 100 mil doses de vacinas AstraZeneca em estoque, recebidas antes de suspender temporariamente seu lançamento na última sexta-feira.

Com 350.700 pessoas vacinadas até agora com a primeira dose, o país de 7 milhões de pessoas detém o registro de vacinação mais pobre da União Europeia.