Pacheco critica CPI da Petrobras e diz que há outras medidas mais úteis

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), criticou nesta terça-feira a possibilidade instalação de uma CPI da Petrobras e disse que há outras medidas mais úteis para a questão dos preços dos combustíveis. Por outro lado, destacou que a criação da comissão, em discussão na Câmara, não passa pela revisão do Senado.

Da CPI da Covid a da Petrobras: Discurso do governo sobre investigações no Congresso mudou

Adolfo Sachsida: Não é possível interferir no preço de combustíveis, diz ministro de Minas e Energia, que pede 'sacrifício' da Petrobras

Mariana Lessa: Troca-troca no comando da Petrobras prejudica projetos e imagem, diz especialista em governança

A CPI é defendida publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro, irritado com o preço dos combustíveis e seus possíveis reflexos na eleição presidencial.

— Eu, particularmente, sobre o conceito de CPI para um caso desse, obviamente não sou favorável. Acho que não tem a mínima razoabilidade uma CPI num momento desses, por conta de um fato desses. Eu acho que há outras medidas, inclusive de índole legislativa e do Poder Executivo, muito mais úteis pra resolver o problema do que uma CPI — afirmou Pacheco, após sair de um café da manhã com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luix Fux, e mais 11 senadores.

Também nesta terça, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), disse que a CPI da Petrobras defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, já tem 65 das 171 assinaturas necessárias para sua instauração.

Combustíveis: Líder do governo afirma que Senado deve votar apenas na semana que vem PEC que zera ICMS do diesel

Já Pacheco destacou que a Petrobras é controlada pelo governo e pela União, e defendeu outras medidas em relação aos preços.

— Se é uma empresa que hoje tá tendo lucros muito expressivos, se pode pensar numa série de outras medidas e eventualmente elas podem ser trabalhadas. Me parece o mais lógico que o excedente dos dividendos da União possam ser revertidos para sociedade através de especificidades para caminhoneiros, para taxistas , para o gás de cozinha, para aqueles que são beneficiados no Auxílio Brasil. Então, me parece que isso é uma lógica muito óbvia de reverter esses excessos de lucro para uma conta de estabilização do preço de combustíveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos