Pacheco diz que inclusão de voucher e vale-gás em PEC precisa de estudos de impacto e de vedações eleitorais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, posa para foto durante entrevista a agências internacionais em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta quarta-feira que a eventual inclusão de um voucher para caminhoneiros para aquisição de diesel e de um aumento no vale-gás em uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sobre combustíveis precisa ser precedida por análises de impacto fiscal e de eventuais restrições decorrentes do período eleitoral.

"Todas as questões relativas à PEC, não só da sua essência como ela está considerada hoje, mas outro instituto que se queira incluir... tudo isso deve ser precedido por um estudo sobre a viabilidade, o impacto, as vedações eleitorais que se tem em razão do período eleitoral", disse Pacheco em entrevista coletiva no Senado.

"Esse critério é muito próprio do relator e da dinâmica da discussão no âmbito do Senado Federal, e naturalmente o Ministério da Economia e o governo poderão participar através da liderança de governo dando as sugestões também o que é a posição do governo", acrescentou.

Pacheco reconheceu que a situação atual é "bem diferente da normalidade", em meio à elevação do preço dos combustíveis e os impactos da guerra na Ucrânia, mas ponderou que é preciso ter "responsabilidade fiscal de fato" e só se "admitir fugir do teto de gastos aquilo que for muito essencial".

"Vamos ter que ter essa dose de responsabilidade de coabitar o interesse da responsabilidade fiscal com interesse de colocar em prática soluções que sejam eficazes na questão dos combustíveis", ponderou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos