Pacheco e Lira se reunirão ainda nesta 5ª-feira com Guedes para discutir renda a vulneráveis

·1 minuto de leitura
Pessoas fazem em fila em agência da Caixa em Ceilândia, no DF, para receber auxílio emergencial

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciou em plenário que irá se reunir ainda nesta quinta-feira com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para discutir as possibilidades de um programa assistencial diante da crise do coronavírus.

Pacheco já havia comentando, mais cedo, que conversou por telefone com o ministro e que tentava uma agenda para esta quinta especificamente para debater o assunto.

O tema tem ganhado força entre os parlamentares e foi abordado tanto por Pacheco quanto por Lira ainda no período de campanha pela sucessão dos comandos das duas Casas.

O governo já sinalizou, no entanto, por meio de seu líder na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), que a ideia é ampliar o escopo do Bolsa Família, e não criar algo semelhante ao auxílio emergencial pago em 2020.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Ricardo Brito)