Pacheco promete votar projeto sobre inclusão de medicamentos no tratamento da Covid-19

·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), prometeu ao ministro Marcelo Queiroga (Saúde) que vai votar o projeto de lei para facilitar a inclusão de novos medicamentos nos protocolos de atendimento de pacientes com Covid-19 do SUS (Sistema Único de Saúde). Pautado para ser votado nesta semana, o PL 415 altera a Lei Orgânica da Saúde e autoriza a inserção pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias) de tratamentos nos protocolos clínicos do SUS. Um dos medicamentos que pode ser analisado pela Conitec é a hidroxicloroquina, cujo uso é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em audiência pública no Senado, Queiroga já defendeu a aprovação do projeto e citou a dexametasona e tocilizumabe como exemplos de substâncias analisadas pela Conitec. O ministro tem defendido a análise de novos medicamentos para criar um protocolo do Ministério Saúde para tornar o tratamento da Covid-19 mais efetivo e diminuir as mortes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos