Após sessão de hemodiálise, paciente morre após ambulância cair em ribanceira no Pará

Paciente que voltava de hemodiálise morre após ambulância cair de ribanceira - Foto: Reprodução/TV Liberal
Paciente que voltava de hemodiálise morre após ambulância cair de ribanceira - Foto: Reprodução/TV Liberal

Uma ambulância do município de Tracuateua, no Pará, caiu em uma ribanceira na madrugada desta sexta-feira (3), nas margens da BR-316, em um perímetro próximo de Capanema, no nordeste paraense. Dois homens e uma mulher estavam no veículo. A mulher morreu no hospital.

A vítima era uma paciente que estava sendo transportada de Castanhal para Capanema, voltando de uma sessão de hemodiálise que havia acabado de ser submetida, informou o acompanhante dela à Polícia Rodoviária Federal (PRF).

As informações iniciais davam conta de que três pessoas tinham ficado feridas, mas no final da manhã desta sexta, a PRF confirmou a morte de um dos ocupantes. Além da paciente e do acompanhante, estava no veículo o condutor do veículo.

Em vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver que os socorristas do Samu realizam massagem cardíaca para tentar reanimar uma das vítimas, a qual seria a paciente conduzida no veículo de emergência.

Segundo a corporação da PRF a paciente foi socorrida por equipes do SAMU e encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo na unidade hospitalar.

Moradores da região informaram que o motivo do acidente teria sido uma ultrapassagem irregular, mas a PRF não confirmou a informação. A altura da ribanceira não foi informada.

Motoristas que passavam pelo local no momento do acidente e moradores ajudaram as equipes do SAMU no atendimento às vítimas.

Informações preliminares afirmam que os envolvidos no acidente moram na comunidade de Vila Fátima, em Tracuateua. Os nomes dos ocupantes do veículo não foram revelados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos