Pacientes brigam em UPA após mulher reconhecer suposto estuprador

Briga começou após mãe reconhecer suposto autor de estupro em fila de UPA. (Foto: Reprodução/TV TEM)

Dois homens se agrediram em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de São José do Rio Preto, em São Paulo, depois que a mãe de um deles reconheceu o suposto autor do estupro que sofreu há seis anos.

As informações são do portal G1.

O tumulto começou depois que a mulher de 40 anos, que estava na fila para o atendimento, disse ao filho que havia reconhecido o criminoso. Em seguida, o rapaz atacou o homem.

Câmeras do circuito de segurança mostram o início da confusão na recepção do posto de saúde. Os homens são separados por outros pacientes e pela segurança.

Leia mais

Alvo da PF, prefeito de Ilhabela é afastado do cargo

A polícia foi acionada pela Guarda Municipal, e os três foram levados parar na delegacia. O suspeito de estupro negou o crime. A vítima foi orientada a procurar a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).