Pacote bilionário de Biden visa estimular migrantes da América Central a ficarem em seus países

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira (7) novos compromissos de investimentos privados de quase US$ 2 bilhões de dólares na América Central para conter a migração, um dos principais temas na Cúpula das Américas, que começou nesta segunda-feira (6).

O anúncio foi feito oficialmente pela pela vice-presidente Kamala Harris, nesta terça-feira (7). "Os investimentos criam um ecossistema de oportunidades e ajudam a dar esperança às pessoas da região para construir vidas seguras e prósperas em seus lares", destacou nesta terça-feira a Casa Branca em um comunicado. O pacote alcança US$1,9 bilhão de dólares para Honduras, Guatemala e El Salvador na forma de "novos investimentos de quase 10 empresas".

Com este novo montante, as promessas de investimentos somam US$ 3,2 bilhões de capital privado para o chamado Triângulo Norte da América Central, de onde vem a maioria dos quase 7.500 migrantes sem documentos que atravessam a cada dia a fronteira entre Estados Unidos e México fugindo da miséria, do medo, da corrupção e da violência.

O fluxo migratório tem um custo político para o governo de Joe Biden e pode fazer com que os democratas percam o controle do Congresso nas eleições de meio de mandato de novembro.

Na Cúpula das Américas, em Los Angeles, que termina na sexta-feira (10), serão adotados cinco documentos sobre áreas consideradas cruciais: governança democrática, saúde, mudança climática e a sustentabilidade ambiental, transição para a energia limpa e transformação digital.

"Uma relação muito boa"

Críticas

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
Argentina será a porta-voz dos excluídos Cuba, Venezuela e Nicarágua na Cúpula das Américas
Ameaça de boicote paira sobre Cúpula das Américas; Biden e Bolsonaro terão bilateral
Cúpula das Américas começa sob boicote e previsão de protestos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos