Padilha diz que discussão com base no Congresso não termina com definição de ministros

Plenário da Câmara dos Deputados

(Reuters) - O futuro ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse nesta quinta-feira que a discussão com a base aliada ao governo seja na Câmara dos Deputados ou no Senado não começa nem termina com a definição dos ministros e ministras, ressaltando que ainda haverá outros passos na montagem de governo, numa indicação de mais cargos a serem negociados.

Padilha acrescentou ainda que, nesse esforço, vai aumentar o espaço de relação com os partidos.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira os nomes que faltavam para completar o primeiro escalão do governo.

Na distribuição de ministérios, MDB, União Brasil e PSD que não apoiaram formalmente Lula durante a campanha foram contemplados com três pastas cada, como parte do esforço do petista para garantir uma base mais ampla no Congresso.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)