Padilha reúne ministros para reforçar defesa da reforma da Previdência no Congresso

Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha 20/12/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O Palácio do Planalto reinicia essa semana a ofensiva a favor da reforma da Previdência com uma reunião de 27 ministros, chamada pelo titular da Casa Civil, Eliseu Padilha, para reforçar a pressão política pela defesa do projeto no Congresso.

Durante o encontro, no final da tarde desta segunda-feira, Padilha vai reapresentar os pontos essenciais da reforma e pedir aos ministros --em sua maioria políticos com influência sobre bancadas na Câmara e no Senado-- para que entrem diretamente nas conversas com parlamentares.

O governo tenta, desde a volta de Padilha, diminuir as falas contrárias à reforma que surgem dentro da base aliada e unificar o discurso em defesa do projeto como está.

Na semana passada, depois de reuniões no Planalto com Padilha, os líderes da base, o presidente da comissão especial, Carlos Marun (PMDB-ES), e o relator da proposta na Câmara, Arthur Maia (PPS-BA), já encamparam a versão de que o projeto não pode ser mudado.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)