Empresário de televisão britânico-iraniano é assassinado em Istambul

Ancara, 30 abr (EFE).- Saeed Karimian, o proprietário britânico-iraniano da "Gem TV", um grupo de canais de televisão em idioma persa emitido via satélite a partir de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, foi assassinado na noite de sábado em Istambul, na Turquia, depois que seu veículo foi atacado por duas pessoas, informou neste domingo o site do jornal "Hürriyet".

Acompanhado por um sócio, Karimian, de 45 anos de idade, estava circulando em um carro de luxo por Maslak, uma área nobre de Istambul, quando seu veículo foi bloqueado por uma caminhonete.

Dois homens desceram da caminhonete e abriram fogo contra o carro de Karimian, matando os dois passageiros.

Segundo o "Hürriyet", os dois assassinos, que segundo testemunhas estavam encapuzados, conseguiram fugir do local do crime.

A polícia turca iniciou uma grande operação para encontrar os supostos agressores.

Segundo o prefeito do distrito onde aconteceu o crime, o caso está relacionado com dinheiro.

A "Gem TV" tem os direitos de venda de numerosas séries de televisão turcas para os países de Oriente Médio, acrescentou o "Hürriyet".

A produtora de Karimian traduz programas de televisão ocidentais para o idioma persa e os exibe no Irã e, por isso, ele foi criticado no passado em seu país, que o acusava de exibir programas contrários aos valores islâmicos. EFE