Padre é agredido por fiel em comemoração de Santo Antônio no RJ

Padre foi agredido na Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Cachambi, ZOna Norte do Rio. Foto: Reprodução/Facebook.
Padre foi agredido na Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Cachambi, Zona Norte do Rio. Foto: Reprodução/Facebook.
  • Padre diz que homem que não conseguiu reatar com a ex

  • Igreja fazia comemoração de Dia de Santo Antônio

  • Clérigo não prestou queixa após ser agredido

Enquanto celebrava uma missa na manhã do último domingo (12), na Igreja Nossa Senhora Aparecida, em Cachambi, na Zona Norte do Rio de Janeiro, o padre Aldo de Souto Santos foi atacado por um fiel. Testemunhas gravaram o momento em vídeo e compartilharam nas redes sociais.

A igreja fazia uma comemoração antecipada do Dia de Santo Antônio, que é tido pelos fiéis como o santo casamenteiro. Aos policiais, o padre afirmou que o fiel que o atacou, identificado apenas como Henrique, provavelmente estava enfurecido que o clérigo não conseguiu ajudá-lo a reatar o relacionamento com a ex-companheira. Aldo afirmou também que não via o homem há cinco anos.

No vídeo, que circula nas redes sociais, Henrique se aproxima do altar, onde está o padre, após ele ter cumprimentado os presentes. O suspeito, que usava um casaco cinza e calça jeans, se aproxima de Aldo e tenta agarrá-lo. Outras pessoas se levantam para segurar o homem. Muitos dos presentes ficaram assustados e começaram a gritar.

O padre não prestou queixa à polícia. Ainda assim, nesta segunda-feira (13), o delegado titular da 23ª DP (Méier), Deoclécio Francisco de Assis Filho, foi à igreja junto com outros investigadores para entender melhor o ocorrido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos