Padre Júlio Lanceilotti critica atropelamento de ladrão de igreja

Nas redes sociais, padre Júlio Lancellotti criticou atitude de outro padre, que atropelou homem após furto em igreja (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)
Nas redes sociais, padre Júlio Lancellotti criticou atitude de outro padre, que atropelou homem após furto em igreja (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)

Resumo da notícia

  • Nas redes sociais, padre Júlio Lancellotti criticou atitude de padre em Santa Cruz do Rio Pardo

  • Pároco perseguiu e atropelou homem que teria furtado roupas de igreja

  • Homem está com ferimentos graves em UTI da Santa Casa da Cidade

O padre Júlio Lancelotti, da Paróquia de São Miguel Arcanjo na cidade de São Paulo, criticou o atropelamento de um jovem, que furtou uma igreja na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo. Lancellotti se pronunciou pelas redes sociais.

“Carro da paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo atropelou intencionalmente jovem dependente químico que roubou a igreja. Um crime não justifica o outro”, escreveu o padre no Instagram, ao comentar o caso.

O atropelamento aconteceu na noite do último sábado e foi flagrado por câmeras de segurança. De acordo com a polícia local, um homem identificado como Ângelo Marcos dos Santos, de 40 anos, arrombou as janelas da igreja e furtou a casa paroquial da Igreja São Sebastião. O homem teria roubado três moletons e uma camiseta da igreja. Ele foi perseguido e atropelado da Avenida Tiradentes.

O padre é suspeito de ter atropelado o ladrão, com um veículo da Diocese de Ourinhos. Em seguida, fugiu sem prestar socorro.

Ângelo Marcos dos Santos foi levado para a Santa Casa da cidade com ferimentos graves. Segundo informações do portal g1, ele segue internado. Ao ser identificado pela polícia, ele estava com as peças de roupa que pegou na igreja e foi preso foi furto. Quando tiver alta, o homem deve passar por audiência de custódia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos