Debate na TV Globo: Padre Kelmon é chamado de ‘impostor’ e ‘safado’ por Lula

Candidato Padre Kelmon (PTB) foi alvo de críticas por parte do ex-presidente Lula (PT) durante o debate - Foto: AP Photo/Bruna Prado
Candidato Padre Kelmon (PTB) foi alvo de críticas por parte do ex-presidente Lula (PT) durante o debate - Foto: AP Photo/Bruna Prado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à presidência, e o também candidato ao posto, Padre Kelmon (PTB), trocaram xingamentos e acusações durante o debate desta quinta-feira (29) realizado pela TV Globo. Durante o evento, o petista chamou seu adversário político de “impostor” e “safado”.

Durante o debate, o último antes de domingo (02), dia da votação, por causa do bate-boca entre os candidatos, o apresentador William Bonner teve de intervir diversas vezes.

No entanto, antes disso, o padre afirmou que Lula disse que o Brasil “não precisa de padre, que padre tem que ficar no lugar dele na igreja”.

Lula tentou responder o padre, no entanto, foi interrompido várias vezes e disse: “Não dá para debater com uma pessoa que tem um comportamento de um fariseu e se veste de padre. Não dá”, afirmou Lula, que ainda completou que é “cristão” e não sabe como Kelmon “consegue enganar tanta gente”.

O ex-presidente, ainda complementou dizendo que não sabia como Padre Kelmon, havia conseguido enganar tanta gente.

“Eu sou cristão, sou casado na igreja, batizado, crismado e frequentador de igreja. Mas eu não estou vendo na sua cara um representante da igreja. Estou vendo um impostor. Alguém disfarçado aqui na minha frente. Só não sei como conseguiu enganar tanta gente”, disse Lula.

E novamente, durante a fala do petista, o Padre tentou interromper, e tornou a ser advertido pelo apresentador da “TV Globo”.

“O senhor decidiu instituir uma nova regra neste debate. Ela não existia. Eu pedi ao senhor diversas vezes. Eu vou pedir apenas que o senhor aguarde terminar a fala do seu oponente”, chamou a atenção o mediador do debate, William Bonner.