Padre tem milhares de batismos anulados por conta de frase errada ao longo de 25 anos

·2 min de leitura
Padre nos EUA renuncia após milhares de batismos anulados devido ao uso errado de uma frase.
Padre nos EUA renuncia após milhares de batismos anulados devido ao uso errado de uma frase. (Foto: Getty Images)

Após descobrir que teve milhares de batismos anulados por usar frase errada durante o rito católico, o padre Andrés Arango no Arizona, nos Estados Unidos, renunciou ao seu posto na Igreja Católica de São Gregório em Phoenix.

O reverendo renunciou depois de oferecer suas desculpas "sinceras" por usar a "fórmula incorreta" durante cerimônias realizadas nos últimos 25 anos. De acordo com a Agência Católica de Notícias, o padre Arango serviu na Diocese de São Salvador, na Bahia, no fim da década de 1990. Ele também serviu na Califórnia (EUA).

O bispo de Phoenix, Thomas Olmsted, escreveu aos paroquianos e citou uma nota emitida pela vigilância litúrgica do Vaticano que invalida os batismos conferidos com as palavras "Nós vos batizamos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".

Segundo o documento de 2020 da Congregação para a Doutrina da Fé esclareceu que a fórmula correta começa com "Eu", em vez de "Nós", relata a Agência Católica de Notícias.

O bispo Olmsted explicou que "o problema de usar 'nós' é que não é a comunidade que batiza uma pessoa, mas é Cristo, e sozinho, que preside a Ele todos os sacramentos, e então é Cristo Jesus quem batiza", afirma.

“Eu não acredito que Andrés tinha qualquer intenção de prejudicar os fiéis ou privá-los da graça do batismo e dos sacramentos. Em nome de nossa igreja local, também lamento sinceramente que esse erro tenha resultado na interrupção da vida sacramental de vários fiéis”, acrescentou a autoridade eclesiástica.

O bispo disse que se compromete a “trabalhar com diligência e rapidez para trazer a paz aos que foram afetados, e asseguro-lhe que eu e nossa equipe diocesana estamos comprometidos de todo o coração em ajudar aqueles que têm dúvidas sobre a recepção dos sacramentos”, finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos