Paes é multado pela Prefeitura por cantar em roda de samba sem máscara e paga valor de R$ 562,42 no mesmo dia

·1 minuto de leitura

RIO - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, foi multado pela própria Prefeitura nesta segunda-feira pelo não uso da máscara em local público e quita o valor de R$562,42 no mesmo dia. A autuação se deu depois que um vídeo de Paes cantando em uma roda de samba circulou nas redes sociais. Ocorrido no último dia 8, o encontro onde Paes esteve foi no Armazém Senado, que também terá de pagar uma multa, mas de R$ 2.812,14.

O local onde ocorreu a ronda de samba, o bar Armazém do Senado, foi multado por promover aglomeração. Segundo o dono, Fernando Magalhães, a multa chegou ao restaurante nesta quarta-feira, mas com informações equivocada, como o horário em que teria ocorrido a aglomeração. Magalhães afirma que vai recorrer da multa.

Paes esteve no local com intuito de participar de uma gravação com o chef Pedro Artagão, dono do estabelecimento. Após vídeo vitalizar na internet, Paes pediu desculpas em uma publicação nas redes sociais. "Errei e me desculpo. Com as várias medidas restritivas impostas resolvemos gravar o programa quando elas já tivessem sido mais flexibilizadas, o que aconteceu na última sexta-feira. Andando pela rua do Senado passamos por um bar tradicional da região e que respeitava todas as normas estabelecidas pela prefeitura. Inclusive, com música ao vivo dentro das regras. Errei ao resolver me juntar aos músicos e cantar algumas músicas", disse Paes em trecho do pedido de desculpas.

Neste momento, dentre as medidas restritivas do município está vedado o funcionamento de rodas de samba e boates.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos