Paes de Andrade renuncia ao comando da Petrobras; diretor será interino

A Petrobras informou que seu Conselho de Administração aprovou o encerramento antecipado do mandato de Caio Mário Paes de Andrade como presidente da empresa a partir desta quarta-feira (dia 4).

Com isso, o Conselho de Administração nomeou como presidente interino da companhia o diretor executivo de Desenvolvimento da Produção, João Henrique Rittershaussen, que está há 35 anos na estatal.

Paes de Andrade renunciou também ao cargo de membro do Conselho de Administração da companhia.

Na terça-feira, a estatal recebeu um ofício do Ministério das Minas e Energia informando que Jean-Paul Terra Prates será indicado para exercer o cargo de presidente e de membro do Conselho de Administração da Petrobras.

De acordo com a estatal, o nome do Prates foi encaminhado à Casa Civil da Presidência da República e tão logo a documentação seja analisada e retorne ao Ministério das Minas e Energia, será encaminhada à Petrobras.

"A indicação, após efetivada, será submetida ao processo de governança interna, observada a Política de Indicação de Membros da Alta Administração, para a análise dos requisitos legais e de gestão e integridade e posterior manifestação do Comitê de Elegibilidade", disse a companhia.