Paes diz que vai suspender a vacinação contra a Covid-19 no Rio por falta de doses

·1 minuto de leitura

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), usou suas redes sociais para avisar que o calendário de vacinação terá que ser interrompido a partir desta quarta-feira, dia 17. O município contava com a entrega de novo lote de imunizantes do Instituto Butantan nesta segunda-feira, dia 15, para continuar a campanha. A expectativa, agora, é de que mais doses cheguem na próxima semana.

O calendário para apenas a partir de quarta-feira. Com isso, idosos com 84 anos podem procurar os postos nesta segunda-feira (15) e os com 83 anos têm atendimento amanhã, terça-feira (16). Na publicação, em suas redes sociais, Paes destacou o número de pessoas imunizadas até o momento:

"Recebi a notícia de q ñ chegaram novas doses. Teremos que interromper amanhã nossa campanha. Hoje vacinamos pessoas de 84 anos e amanhã de 83. Estamos prontos e já vacinamos 244.852 pessoas. Só precisamos q a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana.", escreveu o prefeito.

O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, destacou que o calendário de vacinação teve adiantamento na aplicação das doses, em que a expectativa era vacinar pessoas acima de 75 anos até o fim deste mês. Em entrevista ao "Bom Dia Rio", da TV Globo, o secretário disse que a expectativa é de parar a vacinação nos idosos com 83 anos e retomar a programação na próxima segunda-feira, dia 22. As pessoas imunizadas na primeira fase, como profissionais da linha de frente, receberão a segunda dose dentro do tempo previsto, uma vez que esse lote foi reservado.