Paes lidera no Rio, com empate técnico entre Crivella e Martha Rocha em segundo, diz Datafolha

Bernardo Mello
·2 minuto de leitura

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira aponta liderança de Eduardo Paes (DEM) na disputa pela prefeitura do Rio, com empate técnico agora entre dois candidatos na segunda colocação: Marcelo Crivella (Republicanos), atual prefeito, e Martha Rocha (PDT). Benedita da Silva (PT), que vinha aparecendo na disputa pelo segundo turno nas últimas pesquisas, oscilou negativamente neste levantamento. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Paes oscilou positivamente no limite da margem de erro e agora aparece com 31% das intenções de voto. No levantamento anterior do Datafolha, divulgado no dia 22 de outubro, ele tinha 28%. Crivella aparece com 15% na pesquisa divulgada nesta quinta, dois pontos acima do resultado do atual prefeito na pesquisa anterior.

Martha Rocha se manteve com 13%, segundo o Datafolha, e Benedita da Silva oscilou dois pontos para baixo, passando de 10% para 8%. Com isso, Benedita não está mais em situação de empate técnico com Crivella. Martha, por outro lado, empata tecnicamente com o prefeito, considerando a margem de erro.

Luiz Lima (PSL), que passou de 4% para 5% nesta pesquisa, está em situação de empate técnico com Benedita. Renata Souza (PSOL) e Eduardo Bandeira de Mello (Rede) estão com 3% das intenções de voto, segundo o Datafolha. No levantamento anterior, Renata tinha 5%, enquanto Bandeira segue com o mesmo desempenho.

Paulo Messina (MDB), Clarissa Garotinho (PROS), Cyro Garcia (PSTU) e Fred Luz (Novo) têm 1% cada, segundo o Datafolha. Glória Heloíza (PSC) e Suêd Haidar (PMB) não chegaram a 1%. Henrique Simonard (PCO) não foi citado. Brancos e nulos somam 16%, enquanto 2% não souberam ou não opinaram.

O Datafolha ouviu 1.064 eleitores nos dias 3 e 4 de novembro. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S. Paulo", e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo RJ-02176/2020. O nível de confiança - isto é, a probabilidade de que o resultado retrate o momento atual do eleitorado, considerando a margem de erro - é de 95%.

Nos cenários de segundo turno levantados pelo Datafolha, a principal mudança em relação ao levantamento anterior, do dia 22 de outubro, apareceu numa eventual disputa entre Eduardo Paes (DEM) e Marha Rocha (PDT). Na última pesquisa, ambos apareciam empatados tecnicamente, mas com vantagem numérica para Martha, que somava 45%, contra 41%.

Na pesquisa divulgada nesta quinta, no entanto, Paes é quem aparece em vantagem numérica, com 44%, contra 38% de Martha. Ambos seguem tecnicamente empatados, mas no limite da margem de erro, que é de três pontos para mais ou para menos. Brancos e nulos somam 16% neste cenário, enquanto 2% não souberam ou não opinaram.