Paes provoca presidente do Athletico após dirigente declarar apoio a Bolsonaro: 'Vai tomar chinelada do Mengão'

O prefeito do Rio Eduardo Paes (PSD) provocou o presidente do Conselho Administrativo do Conselho Administrativo do Athletico Paranaense, Mario Celso Petraglia, após o empresário declarar apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Em seu perfil pessoal do Facebook, o dirigente do Furacão publicou uma declaração na última quinta-feira: "Sou patriota, verde e amarelo de coração. Votarei 22 e espero que a maioria dos brasileiros pensem da mesma forma".

Paes, que é vascaíno e vem apoiando a candidatura do ex-presidente Lula (PT) desde o primeiro turno, por sua vez, rebateu a publicação do empresário no Twitter e ironizou: "Vai tomar chinelada do Mengão amanhã para tomar vergonha nessa cara. Em tempo: e aqui é Vascão".

A publicação, que já passa das 11 mil curtidas, manteve o assunto nos trends topics da rede social. A brincadeira gerou reação entre internautas que apoiam o petista. A imagem do atacante do Flamengo, Gabriel Barbosa, o Gabigol, fazendo o "L", em referência a campanha do Lula, viralizou entre as postagens. O atacante rubro-negro, no entanto, não declarou voto no petista. Outro comentário dizia: "3x1 no sábado e 13 domingo". Os times se enfrentam na tarde deste sábado no estádio Guaiaquil, no Equador, às vésperas do segundo turno.