Pagamento por WhatsApp: somente 7% dos usuários habilitaram a função

·1 minuto de leitura
Usuário segura celular com WhatsApp aberto em uma mão e cartão de débito em outra
Assim como o PIX, WhatsApp Pay também realiza transferências instantâneas
(Hakan Nural / Anadolu Agency)
  • Pesquisa mostra que somente 7% dos usuários habilitaram a função de pagamentos via WhatsApp

  • Apesar disso, 70% dos usuários sabem que aplicativo disponibiliza a opção

  • Acredita-se que impopularidade tenha dois grandes motivos: falta de confiança no aplicativo e concorrência com o PIX

A opção de realizar pagamentos via WhatsApp segue impopular entre os brasileiros. Apesar de 70% dos usuários conhecerem a funcionalidade, que permite o cadastro de cartões de débito, somente 7% habilitaram a função.

Os dados são da pesquisa Mensageria no Brasil, realizada pelo MobileTime/Opinion Box, e a falta de confiança aparece como um importante motivo para a novidade não ter conquistado os usuários. Dentre os que disseram conhecer o serviço, 33% afirmaram não confiar no aplicativo para inserir dados do cartão. Outros 50% alegaram não ter interesse em realizar pagamentos via WhatsApp.

Leia também: 

A concorrência com o PIX também chama a atenção. Assim como o WhatsApp Pay, o PIX realiza transferências instantâneas e, desde seu lançamento em novembro de 2020, já foi utilizado por cerca de 45% da população adulta em algum momento, de acordo com o Banco Central, movimentando mais de R$1,109 trilhão. Só nos primeiros nove meses de vida, foram realizadas mais de 1,5 bilhão de transações.

Aqueles que desejarem utilizar o WhatsApp Pay devem clicar nos três pontinhos no canto superior direito do aplicativo e selecionar a opção ‘pagamentos’. É possível cadastrar cartões de débito ou pré-pagos dos seguintes bancos: Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Santander, Mercado Pago, Neon, Inter, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos