Pai de Anitta deve receber alta nas próximas 48 horas, afirma médica responsável pelo tratamento

Três dias depois de receber alta do hospital Vila Nova Star em São Paulo, por ter sofrido um AVC e ter passado por uma cirurgia no pulmão para a retirada de um câncer, que descobriu durante os exames, Mauro Machado, o pai de Anitta, ou Painitto, como é conhecido pelas suas redes sociais, precisou ser internado novamente depois de testar positivo para a covid-19.

Covid-19: Fiocruz e Sabin avaliam eficácia de fracionar as doses de reforço

Rápido diagnóstico: Pulseira inteligente consegue identificar Covid-19 até dois dias antes do surgimento de sintomas, revela estudo inédito

Alerta: Mulheres correm mais risco de ter Covid longa que homens, aponta estudo

Segundo a médica Ludhmila Hajjar, responsável pelo tratamento do empresário, o estado de saúde de Mauro é estável e ele deve receber alta nas próximas 48 horas. "Sexta, no mais tardar sábado, ele já deve estar em casa" afirmou a doutora em entrevista ao GLOBO.

A rápida resposta de Ludhmila foi essencial para a melhora do empresário. A médica decidiu entrar com o antiviral Redensivir, medicamento usado em pacientes com potencial de complicações para evitar quadros mais graves da doença.

— Como ele já vinha de uma recente cirurgia no pulmão, tínhamos medo de que pudesse ter algum comprometimento do órgão e, por isso, entramos com o medicamento via intravenoso. O paciente respondeu super bem, não houve nenhum comprometimento, ele está alegre, falante e não tem risco de intubação ou de ocorrer algo mais grave — explicou Ludhmila.

Cardiologista estrelar: O que Anitta, Joelma e Gusttavo Lima têm em comum? Ludhmila Hajjar, a médica dos famosos; entenda quem é

O empresário começou a sentir os primeiros sintomas da doença na noite do domingo, 19 e a cardiologista decidiu já interná-lo no dia seguinte. Ela diz que o rápido diagnóstico também foi essencial para a melhora do pai da cantora.

Pelas redes sociais, Mauro agradeceu pelos cuidados da doutora. “Ainda bem que tenho a Dra. Ludhmila”. E tranquilizou os fãs: “De volta ao hospital. Depois de estar 80% bem recuperado, a Covid resolveu me visitar. Mais não sei quantos dias internado. Isolado. Para quem operou o pulmão, esse vírus é um perigo”.

Entenda o caso

O empresário operou o pulmão para a retirada de um câncer no dia 5 de junho e explicou que há meses se sentia ofegante e cansado fazendo exercícios corriqueiros do dia-a-dia. No hospital, depois de uma série de exames, quando inclusive teve um pico de pressão, levando a um AVC (Acidente Vascular Cerebral), foi detectado o câncer. Ele teve alta no último dia 17.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos