Pai do cantor Léo Santana morre aos 68 anos após infarto fulminante

·1 minuto de leitura

Lourival Cupertino de Santana, pai do cantor Léo Santana, morreu na noite desta quinta-feira, após sofrer um infarto fulminante. De acordo com a assessoria do cantor do pagode baiano, Lourival, de 68 anos, estava em casa, em Salvador, quando sofreu o ataque cardíaco, por volta das 23h.

O sepultamento do pai de Léo Santana acontece nesta sexta-feira, na Bahia. Por causa das medidas de isolamento contra a pandemia do novo coronavírus, a cerimônia de despedida será restrita à família. Ele deixa uma esposa, três filhos e um neto.

Nas redes sociais, Léo Santana ainda não se pronunciou sobre a morte do pai, mas fãs já enviam mensagens de apoio ao artista. ''Estamos muito tristes com essa notícia. O pai do nosso gigante agora se encontra com Deus. Que Deus possa confortar toda a família Santana neste momento tão difícil'', desejou uma seguidora no Instagram.

Ontem, Léo Santana, de 32 anos, usou as redes sociais para expressar o luto pelo comediante Jotinha, morto após complicações da Covid-19. ''Meus pêsames pelos familiares. Deus abençoe cada um de vocês'', escreveu ele nos stories do Instagram.