Pai e filho matam homem por engano após discussão sobre som alto em bar de GO

Pai e filho matam homem em bar de Mineiros - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Pai e filho matam homem em bar de Mineiros - Foto: Reprodução/TV Anhanguera
  • Pai e filho matam homem por engano em bar na cidade de Mineiros

  • A dupla queria assassinar o dono do estabelecimento, mas errou a mira

  • O episódio foi resultado de uma discussão sobre o volume do som de um veículo

Um homem e seu filho assassinaram a tiros o cliente de um bar na cidade de Mineiros, em Goiás, no último sábado (17). Os criminosos queriam, na verdade, matar o dono do estabelecimento, que escapou ileso.

De acordo com informações do g1, Wistein Correa Melo e seu pai, Mauro Goulart de Melo, apresentaram-se à polícia com a arma utilizada e confessaram o crime.

A Polícia Civil, porém, explicou que os dois seguem em liberdade, uma vez que já havia expirado o prazo para prisão em flagrante. O caso segue investigado pela corporação.

Assassinato por engano

A Polícia Militar relatou que Mauro estava no bar com amigos, no sábado, quando o proprietário do estabelecimento reclamou do volume do som do carro do cliente e pediu que ele abaixasse, para que não fosse autuado por perturbação de sossego.

O pedido irritou Mauro, que respondeu de forma ríspida e deu início a uma discussão. O rapaz, porém, foi embora logo depois, dando a impressão de que a questão estava encerrada.

Mas, momentos mais tarde, Mauro retornou ao local com o filho, Wistein, que estava armado. O jovem disparou contra o dono do bar, mas acabou acertando um outro cliente, Weriston Lima Barbosa, que aproveitava a noite com um grupo.

Vítima é socorrida, mas não resiste

Weriston chegou a ser socorrido e levado a um hospital da região com vida, mas não resistiu aos ferimentos e teve o óbito confirmado.

“A vítima estava na distribuidora (de bebidas), não tinha nada a ver com a briga, eles queriam atirar no dono”, contou o sargento Cleiton de Souza.