Pai e mãe são presos após “venderem” filha por três cervejas no Maranhão

·1 minuto de leitura
Casal foi preso pela polícia do Maranhão - Foto: Divulgação/Governo do Maranhão
Casal foi preso pela polícia do Maranhão - Foto: Divulgação/Governo do Maranhão
  • Casal trocou a filha por três cervejas com um homem em Pinheiro, no Maranhão

  • Garota ainda conseguiu fugir e retornar para sua casa, mas os pais impediram a entrada

  • Tanto o casal quanto o "comprador" foram acusados de estupro de vulnerável

Os pais de uma garota de apenas 11 anos foram presos na última quinta-feira, após trocarem a criança por cervejas na cidade de Pinheiro, a 333 km de São Luís, no Maranhão. O caso foi relatado pelo UOL.

De acordo com a investigação conduzida pela Delegacia Especializada da Mulher de Pinheiro, o crime aconteceu no fim de agosto. Após denúncia anônima, os agentes constataram que o casal “vendeu” a filha a um homem por três cervejas.

Leia também

Os policiais foram informados de que, um dia depois, a menina conseguiu fugir da residência do homem que havia feito a “compra” e retornou à casa dos pais.

Segundo a Polícia Civil, porém, o casal não aceitou a filha. “Eles negaram seu acolhimento, pois ela já não era mais virgem e eles ficariam mal falados", explicou, em nota.

Denunciados por estupro de vulnerável

O órgão representou pela prisão temporária dos pais e do “comprador”, suspeitos do crime de estupro de vulnerável. Caso sejam condenados, os responsáveis podem pegar de oito a 15 anos de cadeia.

A criança está, agora, sob responsabilidade do Conselho Tutelar de Pinheiro, que adotou medidas para sua proteção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos