Pai, mãe e três filhos morrem após carro cair em rio no Piauí

·2 min de leitura
Carro caiu em córrego e cinco pessoas morreram em Altos, no Piauí. (Foto: Reprodução/WhatsApp)
Carro caiu em córrego e cinco pessoas morreram em Altos, no Piauí. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Cinco pessoas da mesma família morreram após o carro onde estavam cair em um riacho, na cidade de Altos, no interior do Piauí. O acidente aconteceu durante uma forte chuva na região da zona rural do município.

As vítimas eram o pai, a mãe e os três filhos. Uma jovem de 19 anos, que é também filha do casal, foi a única sobrevivente da queda.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Teresina, a corporação foi acionada por volta das 4h30 deste sábado (1º) após um veículo cair no riacho dos Cocos, localizado cerca de 10 minutos da zona urbana de Altos.

“Eles estavam tentando atravessar uma ponte, mas a água estava sobreposta, então eles não conseguiram passar e o veículo caiu nesse córrego. Tinham seis pessoas no veículo, uma delas conseguiu sair, os outros cinco não”, explicou o tenente Medeiros, ao portal G1.

Das cinco vítimas fatais, quatro estavam dentro do carro quando os militares chegaram ao local. Somente o corpo de uma adolescente de 14 anos foi localizado a 60 metros do local do acidente.

Dos cinco corpos, quatro estavam dentro do veículo, e uma quinta vítima foi localizada a 60m do local do acidente. (Foto: Reprodução/WhatsApp)
Dos cinco corpos, quatro estavam dentro do veículo, e uma quinta vítima foi localizada a 60m do local do acidente. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

De acordo com a Polícia Militar, o pai foi identificado como José Maria Galdino de Melo, a mãe como Maria Lucilene Lopes de Melo, e os filhos eram Paloma Lopes de Melo, Fernando Lopes de Melo, de 14 anos, e Fernanda Lopes de Melo, que tinha 8 anos.

"Era uma família que estava no carro. Apenas a jovem maior, de 19 anos sobreviveu. A informação que temos é que os dois menores, o Fernando e a Fernanda, eram autistas. Todos os corpos já foram resgatados", informou o sargento Paulo César, da Polícia Militar, também ao G1.

Uma equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina fez a remoção dos corpos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos