Pai rejeita fama de Neymar: 'Ele só é mimado como filho'

Getty Images

Pai e empresário do craque do Paris Saint-Germain, Neymar da Silva Santos concedeu uma longa entrevista ao UOL Esporte em que defendeu o jogador das críticas e rejeitou a fama de cai-cai.

De acordo com Neymar pai, o craque está afastado dos gramados justamente por tentar ficar em pé após receber uma sequência de entradas violentas no jogo contra o Strasbourg, pela Copa da França, no último dia 23 de janeiro

“A gente pediu tanto pra ele ficar de pé que ele ficou de pé. Por uma, por duas, por três. E o árbitro não dá falta. Ele tá pedindo: ‘Pô, se você não der a falta, não vai dar’. A arbitragem não parou, não coibiu, não deu nada. Aí o que você pode falar disso? Foi até provocar a lesão. Provocou o desequilíbrio. Se você ver a imagem, provoca o desequilíbrio e ele tem uma nova entorse”, reclamou Neymar pai.

A má fama de Neymar foi impulsionada durante a Copa do Mundo do ano passado, na Rússia. Especialmente um lance em que ele rola no chão durante o jogo contra o México viralizou nas redes sociais. O pai do craque afirmou que ele é, sim, um filho mimado, mas como jogador não merece a mesma pecha.

Eu não vejo ele mimado dentro de campo. Não vejo ninguém protegendo o Neymar dentro de campo. Ninguém passando a mão na cabeça dele. O que é ser mimado desportivamente? O Neymar é um jogador mimado? Não. O Neymar é um filho mimado. E se ele é mimado pelos pais, amém. Eu vou mimar o meu filho. Tenho meu direito. Você, como pai ou como mãe, eu tenho certeza, vai mimar seu filho. Eu vou mimar o meu, sentenciou o empresário.

Neymar pai também defendeu os filhos das críticas por ter se esbaldado no Carnaval do Brasil mesmo estando em recuperação da contusão que o tem afastado dos gramados desde janeiro. Para o empresários, momentos como a festa popular brasileira servem como um refúgio para o jogador.

O Carnaval é uma fuga. Ele treinou de manhã, treinou de tarde, aí fomos lá. A gente tem estrutura suficiente pra levar ele, colocar no melhor lugar, trazer da melhor forma possível e sem causar dano nenhum. Por que a gente não vai fazer? Poxa, todo mundo acha que o Neymar foi pro Carnaval e ficou uma hora andando de escola de samba. Ele estava em um dos melhores camarotes, com toda assistência possível, com sofá se precisasse sentar, com bebida se quisesse beber, com toda situação possível”, explicou o empresário.

Na entrevista, Neymar pai  ainda declarou que o atacante está feliz no Paris-Saint-Germain, projeta permanecer no clube francês e não tem projeto de se transferir para outro clube europeu.

Mais no Yahoo Esportes
Jemerson sonha com volta à Seleção
Time mais simpático do RS quer dar um passo à frente
Facebook perde transmissão exclusiva da Libertadores
Silvio Luiz sobre Milton Neves: ‘Ele me dá azia’