Painel da OMS desaconselha prova de vacinação contra a Covid-19 para viagens

·1 min de leitura
Vacinação em Bangcoc, Tailândia

(Reuters) - O Comitê de Emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS) manteve nesta quinta-feira sua posição de que a prova de vacinação contra a Covid-19 não deve ser exigida para viagens internacionais, em meio a um crescente debate sobre o bloqueio da entrada de viajantes não vacinados.

Especialistas independentes disseram que a vacinação não deve ser a única condição para permitir viagens internacionais, dado o acesso mundial limitado à vacinas contra a Covid-19 e sua distribuição desigual.

Especialistas já haviam dito que exigir prova de vacinação acentua as injustiças e promove uma liberdade de circulação desigual.

Os países mais pobres com menos acesso à vacinação podem ficar excluídos se tais medidas forem postas em prática, disseram alguns especialistas em saúde.

(Por Manas Mishra em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos